36 empresas e mais de 100 profissionais participarão dos principais eventos do setor

O Projeto Brazilian Game Developers, BGD, uma parceria da Abragames com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que tem por objetivo fomentar a exportação de games brasileiros, levará 36 empresas de games e mais de 100 profissionais para a Game Developers Conference, GDC, e Game Connection America, duas das principais conferências de games do mundo. Os eventos acontecem em São Francisco, EUA, de 27 de fevereiro a 3 de março.

Pela primeira vez o Brasil tem dois jogos finalistas na Game Connection Development Awards 2017, uma das mais importantes premiações internacionais de games, organizada pela Game Connection. O jogo No Heroes Here, da empresa Mad Mimic, foi nomeado para o The Best Social Game, e o game The Rabbit Hole, da VR Monkey, concorre na categoria The Best Hardcore Games, The Most Creative & Original Game e Best Indie Game.

Desde 2015, o Brasil tem algum representante como finalista deste prêmio que acontece na Game Connection America, em São Francisco, e na Game Connection Europe, em Paris. My Night Jobs, da Webcore, concorreu em em 2015, Alkimya, Bad Minions, em 2016 na Game Connection America, e Hempire, Lumentech, foi finalista em 2016 pela Game Connection Europe.

No Heroes Here e The Rabbit Hole também concorrem na categoria People’s Choice, que tem votação aberta até o próximo domingo, 26, através do Facebook:http://bit.ly/2l4RbU9.

Segundo Eliana Russi, gerente executiva do BGD, esses resultados mostram como a indústria brasileira de games cresceu e amadureceu nos últimos dois anos. “Temos empresas muito competentes, de todo o Brasil, que estão competindo com estúdios de países com indústrias de games muito mais sólidas e reconhecidas do que a nossa”, explica.

Para Eliana, a criatividade do brasileiro, reconhecida mundialmente na publicidade, animação, música, só para citar alguns exemplos, aliada à capacidade técnica coloca os desenvolvedores nacionais como fortes players da indústria internacional de games.

Entender melhor o mercado de games brasileiro, que hoje ocupa o 12º lugar em receita, segundo pesquisa da Newzoo, é o objetivo de importantes players da indústria de games. Eliana Russi foi convidada a participar do Game Industry Support, GIS, que acontece na Game Connection America, no dia 27 de fevereiro, onde vai apresentar o cenário de games do país.

Esse crescimento de qualidade dos jogos desenvolvidos no Brasil pode ser atribuído a diversos fatores, tais como a parceria da Abragames com a Apex-Brasil, por meio do BGD, a criação do BIG Festival, maior festival de games independentes da América Latina, e a participação de muitas empresas em programas de aceleração de games internacionais, tais como GameFounders e Core Labs, nos quais 14 estúdios foram acelerados desde 2015.

Outro destaque do Brasil em São Francisco é a empresa Gazeus Games, única empresa brasileira a desenvolver jogos para o Instant Games do Facebook. Dominoes Battle é o único jogo multiplayer dessa plataforma. É um jogo de dominó no qual os usuários da rede social podem enfrentar em tempo real outros jogadores ao redor do mundo ou um robô. O Jogo está no ar desde o dia 16 de fevereiro e, por enquanto, está disponível apenas na Austrália.

Os Instant Games são a última novidade do Facebook e por enquanto estão disponíveis em 30 países – o Brasil não está nesta seleta lista. São jogos desenvolvidos em HTML5 para serem jogados diretamente dentro do Facebook ou do Facebook Messenger, sem necessidade de download.

Confira abaixo a lista completa de empresas brasileiras na GDC 2017:

2Mundos

AQUIRIS

Behold Studios

BIG Festival

Cat Nigiri

Fira Soft

FlipStar Studios

Flux Game Studio

Gameplan

Garage 227 Studios

Gazeus Games

GILP Studio

Hoplon Infotainment

IMGNATION Studios

Industria de Jogos

Kokku

Leela Games

Lumentech

Mad Mimic

Magistral Games

Manifesto Games

MINDTRICK

Nuuvem

Oktagon Games

Ovni Studios

Pandora Game Studio

Plot Kids

Pocket Trap

PUSHSTART

Rockhead Games

Sinergia Studios

Sioux

Skullfish Studios

The Balance Inc

Virgo Game Studios

Webcore Games

 Serviço:

Evento:  Game Connection America 2017

Data: 27 de Fevereiro a 1 de março

Local: At&T Center, San Francisco, CA

Evento:  Game Developers Conference, GDC

Data: 27 de Fevereiro a 3 de março

Local: Moscone Center, San Francisco, CA

Sobre a Abragames

Criada em 2004 por um grupo de empresas de desenvolvimento, a Abragames, Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais, surgiu como uma entidade sem fins lucrativos e com o objetivo de fortalecer a indústria nacional de desenvolvimento de jogos.

Os principais objetivos da Abragames são organizar, coordenar, fortalecer e promover a indústria brasileira de jogos digitais através da representação e interlocução do ecossistema nacional e internacional, construindo um entendimento de todos os elementos de nossa cadeia de valor, bem como a promoção de eventos e parcerias que tragam ao estado da arte o desenvolvimento da indústria de jogos no Brasil.

Sobre o Projeto Brazilian Game Developers

O BGD, Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers, é um programa sem fins lucrativos, criado pela ABRAGAMES, Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com o objetivo de fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, capacitando e criando novas oportunidades de negócios para as empresas brasileiras no mercado internacional.